É POSSÍVEL PERMANECER NA DESONERAÇÃO DA FOLHA? – RODOLFO RODRIGUES